Compare preços de:

Apostilas para concursos Material para concursos públicos

Cargo é de agente administrativo, com salário de R$ 1.814,95. Maior parte das vagas é para o Distrito Federal (600). Mais uma grande oportunidade de trabalho, emprego!

O Ministério da Saúde abre inscrições para concurso nesta segunda-feira (8) para 900 vagas de agente administrativo. O salário é de R$ 1.814,95 ( veja aqui o edital ).

Em fevereiro de 2009, quando o ministério pretende iniciar a posse dos servidores, o salário estará ajustado em R$ 1.910,95.

O cargo de agente administrativo integra a carreira da Previdência, da Saúde e do Trabalho.

O candidato deve ter nível médio de escolaridade. A maior parte das vagas é para o Distrito Federal – 600 -, e há oportunidades em 25 estados (veja lista abaixo).

Não estão previstas vagas para o Rio de Janeiro porque o Ministério da Saúde já possui banco de candidatos aprovados na categoria funcional e aguarda autorização do Ministério do Planejamento para convocar 100 candidatos.

As inscrições devem ser feitas no site http://www.cespe.unb.br/concursos/ms2008, das 10h do dia 8 às 23h59 do dia 30 de setembro. A taxa é de R$ 34,00. Poderá pedir isenção de taxa o candidato que comprovar renda familiar mensal igual ou inferior a um salário mínimo.

A seleção terá exame de habilidades e conhecimentos, mediante aplicação de provas objetivas e de prova dissertativa, de caráter eliminatório e classificatório.

As provas serão realizadas nas capitais estaduais e no Distrito Federal.

As provas objetivas e a prova dissertativa terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas no dia 2 de novembro, no turno da tarde.

Os locais e o horário de realização das provas objetivas e da prova dissertativa serão publicados no “Diário Oficial da União” e divulgados na Internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/ms2008, nas datas prováveis de 22 ou 23 de outubro.

Serão corrigidas as provas dissertativas dos candidatos aprovados nas provas objetivas e classificados em até quatro vezes o número de vagas previsto no edital para a unidade de vaga do Distrito Federal e seis vezes o número de vagas previsto para as demais unidades de vaga.

A avaliação de conhecimentos básicos englobará língua portuguesa, raciocínio lógico-quantitativo e informática. A prova de conhecimentos específicos será composta por noções de direito constitucional, de direito administrativo, de técnicas de arquivo e legislação do Sistema Único de Saúde (SUS) – que inclui a Lei n.° 8.080/90 e Lei n.° 8.142/90 (SUS), com respectivas alterações, a Constituição Brasileira, dos artigos 196 ao 200 e a Política Nacional de Saúde.

Atribuições

A atribuição principal do agente administrativo é dar suporte às atividades administrativas de nível médio do ministério. É o agente administrativo que cuida desde a elaboração de um ofício, lançamento de informações em sistemas administrativos tais como SIAPE e SIAFI, controle de passagens e diárias, passando por auxílio nos processos disciplinares e de arquivo.

O concurso é para suprir a necessidade atual do Ministério da Saúde e cumprir acordos com o Ministério Público de acabar com a terceirização em desacordo com o Decreto 2.271/97.

“No caso específico do agente administrativo, a idéia é que quem está nessa atividade, seja servidor, pois ele vai lidar com sistemas importantes como processos judiciais, licitações, pregões, tudo de muita responsabilidade”, explica a Coordenadora-Geral de Recursos Humanos do Ministério da Saúde, Elzira Espírito Santo.

Veja a distribuição das vagas:

Distrito Federal: 600
Acre: 8
Alagoas: 12
Amazonas: 12
Amapá: 8
Bahia: 15
Ceará: 15
Espírito Santo: 12
Goiás: 12
Maranhão: 10
Minas Gerais: 15
Mato Grosso do Sul: 8
Mato Grosso: 8
Pará: 12
Paraíba: 10
Pernambuco: 15
Piauí: 12
Paraná: 10
Rio Grande do Norte: 12
Rondônia: 8
Roraima: 8
Rio Grande do Sul: 15
Santa Catarina: 12
Sergipe: 12
São Paulo: 30
Tocantins: 9

Fonte: G1